Segundo o comunicado de imprensa do Alto Comissariado Britânico em Moçambique, publicado na sexta-feira, 24 de Fevereiro, a visita incluiu reuniões com o ministro da Indústria e Comércio, Silvino Moreno, o vice-ministro dos Transportes e Comunicações, Amilton Alissone, e com o secretário permanente do Ministério dos Recursos Minerais e Energia, Teodoro Vales, nas quais foram protegidas formas de fortalecer as parcerias Moçambique-Reino Unido nestas áreas através do investimento britânico e da criação de um ambiente empresarial com menos barreiras ao acesso e crescimento.

Por ocasião da visita, o comissário britânico do Comércio para a África, John Humphrey, destacou-se como o símbolo de Moçambique no ecossistema empresarial africano.

“As empresas britânicas estão entre os principais empregadores e contribuintes de Moçambique, apoiando mais de 400 mil moçambicanos só no setor agro-industrial. É nossa esperança que os laços comerciais e bilaterais entre as nossas duas nações sejam reforçados nos próximos anos”.

A visita permitiu o contacto directo com empresas britânicas em Moçambique tais como a Vodacom, Compass Group, Maragra Sugar, Gemfields, Gemrocks e Globeleq. Essas conversas permitem uma compreensão dos desafios atuais do mercado moçambicano e da concepção de estratégias para atrair investimentos mais atraentes e mutuamente influentes.

Relacionado  CTA negoceia o reajuste do salário mínimo para 2023

A alta comissária britânica para Moçambique, Helen Lewis, deixou como suas observações durante uma reunião de negócios em Maputo, tendo defendido que “o Reino Unido e Moçambique têm uma relação histórica e mutuamente complementar nas áreas do comércio e dos negócios. Como parte da Commonwealth, são reduzidas várias barreiras e há uma margem maior para parcerias mutuamente mútuas. Estamos fortemente empenhados em continuar a reforçar esta relação com as empresas e o Governo de Moçambique”.

O Governo britânico está concentrado em restaurar o comércio e o investimento e as parcerias comerciais com Moçambique aos níveis pré-covid e em aumentar o investimento responsável e sustentável nas áreas da energia, agricultura e mineração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui