Dificuldades de segurança podem contribuir para crescimento do mercado do gás

A economia moçambicana corre sérios riscos devido a dependência excessiva do gás, aos ataques insurgentes no norte do país, bem como a onda de raptos de empresários – alertam economistas moçambicanos.

Desde que se iniciaram os debates em torno das receitas da exploração do precioso hidrocarboneto, levantou-se a necessidade de diversificação da economia.

A economista e pesquisadora do Centro de Integridade Pública (CIP) Leila Constantino afirma que o Governo deve apostar na diversificação do tecido económico.

Diversificação esta que “passaria por altos investimentos e enfoque nestes sectores, em vez de os esforços estarem centrados apenas no sector extractivo, o que representa um alto risco para a economia”, disse ela.

Leila aponta os sectores onde o país possui vantagens competitivas, nomeadamente: agricultura – com grande potencial para o agroprocessamento e turismo.

Para Eduardo Sengo, também economista, além da agricultura e turismo, o Governo deve apostar nos sectores “cujo crescimento permite uma maior participação da população e uma maior adição de valor à economia”.

Estes sectores seriam o de transportes e infra-estruturas, de acordo com Sengo.

O único caminho

Entretanto, o economista António Francisco, mostra reservas afirmando não ser possível diversificar a economia num país instável.

O economista refere-se à instabilidade instabilidade militar nas regiões centro e norte e de raptos de empresários no sul do país.

Assim sendo, Francisco é da opinião que a única maneira de diversificar é o Estado permitir o papel da economia privada para que funcione de maneira mais dinâmica.

Um olhar internacional

A consultora Fitch Solutions também emitiu o seu alerta para que sejam feitas reformas que encorajem a distribuiçãodos benefícios do gás,

Esta distribuição seria para evitar os problemas que tiveram países como Angola e Nigéria quando o preço desta matéria-prima caiu recentemente.

FONTEVoice of America

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui