Quinta-feira, Julho 18, 2024
spot_img

Indústria de cereais em Maputo preocupada com contrabando

A indústria de produção de cereais e seus derivados na província de Maputo está alarmada com a entrada de mercadorias contrabandeadas da África do Sul, o que está contribuindo para uma concorrência desleal no mercado nacional. A farinha de milho estrangeira, que é considerada menos recomendável para consumo, está sendo vendida no mercado doméstico a preços abaixo do praticado no território nacional.

Segundo informações divulgadas pela Rádio Moçambique (RM), o representante do grupo MEREC, Gilberto Macuácua, expressou essa preocupação durante uma reunião com a secretária de Estado na província de Maputo. Ele destacou que a farinha contrabandeada chega a Maputo a preços abaixo do mercado, colocando em risco não apenas a concorrência justa, mas também a saúde pública, já que não atende aos padrões sanitários locais.

Em resposta, a secretária de Estado, Judite Mussácula, instou a indústria moçambicana a priorizar a matéria-prima nacional como forma de reduzir a dependência das importações e impulsionar a economia do país. Ela enfatizou a importância de aumentar a produção local e incentivou a colaboração com associações de camponeses para promover a produção nacional.

A preocupação da indústria de cereais em Maputo com o contrabando de farinha de milho da África do Sul destaca os desafios enfrentados pelo sector em manter uma concorrência justa e garantir a qualidade dos produtos disponíveis no mercado moçambicano. A chamada para priorizar a produção local como uma solução para esses problemas ressalta a importância de políticas que incentivem o desenvolvimento sustentável da indústria de alimentos em Moçambique.

Entrevistas Relacionadas

IIAM recebeu um financiamento de 17 milhões de meticais para produção de sementes melhoradas em Nampula

O Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM) garantiu...

Lançado fundo de 11,5 milhões de dólares para PME de alimentos nutritivos em Moçambique

A Confederação das Associações Económicas (CTA) e a Aliança...

Província de Manica investe na capacitação de agricultores de trigo e hortícolas

O Governo da província de Manica, no centro do...

Moçambique vai aumentar a produção de milho com variedades geneticamente modificadas

O Instituto de Investigação Agrária de Moçambique (IIAM) para...